Arquivo do mês: abril 2008

Stand your hands in the air like you don’t care!!

Olá amiguixos e amiguxas amigos da Rede Globo!
Como estão?
Eu sei, estou um dia atrasada, mas tenho uma boa justificativa. Ontem fui para a Biovinil, a festa do departamento de BIologia com o tema retrô!! SIIIM! Só tocou música 10 e foi demais, pena que fomos embora meio cedo porque a Rafinha tinha prova no outro dia. Foi muito legal, tocou Don’t Stop me Now, do Queen; Young Hearts go Free, do filme Romeo e Julieta; teve umas dragqueens no estilo de Priscila, a Rainha do Deserto, dançando “Como uma Deusa” e uma banda de Soul suuuuper legal! Ah, tocou It’s Raining Man também!
O Cachorro quente tava gostoso e eu ajudei na formatura de um biólogo com a aquisição dele =D Foi divertidíssimo!
A minha semana também foi boa, apesar do estudo. Semana que vem é a Semana do Samba, embora só tenha 3 dias. O quê? Você não entendeu?
Explico: Na minha turma da facul, o pessoal usa “Sambou” no mesmo sentido de “Se deu mal”. Logo, a Semana do Samba é a semana em que tem três provas: Química Geral, Física I e Cálculo I =D
Entenderam agora?
Bom, eu estou terminando de ver Goong já e estou acompanhando com o lançamento Itazurana Kiss, Vampire Knight e Special A! Itazurana e Special A são muito legais, recomendo^^ Vampire Knight é mediano, mas vale a pena ver.
No feriado, vou começar e pretendo terminar Romeo x Juliet. O Fuuu viu e disse que era lindo e muito legal! Então vou ver =X
(Apesar de ter sido eu que mandei ele assistir e ele já terminou e eu só vi o primeiro XD)

Por fim, não estou muito pra papo hoje. Então videozinho:

Young Hearts Go Free, do filme Romeo e Julieta. =D É tããão dançante *¬*

1 comentário

Arquivado em Random

Provas, provas, provas, Hey!

Ei, negões e negonas! Como estão? Eu estou em PROVAS! E não uma semana, não duas… ams sim um MÊS de provas!! UHUL! Que legal hein?? ¬¬
Já fiz a prova de ICC ontem, aí acho que fui até bem, mas errei uma questão com certeza. Eu não sei nada de cálculo ainda XD Tenho duas semanas para correr atrás. Química Geral beleza, Física Beleza, experimental… talvez beleza, talvez não.
Mas, veja bem, acho que dá para passar em tudo, né? O próximo mês de provas é JUNHO. =D e em Julho, rumo à Inglaterra! UHUL! \o/
O feriado tá chegando e eu vou estudar, ir para festas e tudo o mais. =D Tem um churras amanha, uma pizzada e uma festa domingo e seguneda é dedicado aos estudos/análise crítica da animação morderna XD
Bem curtinho dessa vez, só para dar notícia mesmo^^

2 Comentários

Arquivado em Random

Invada a reitoria que há dentro de você =D

Olá, amigos da rede Globo! Aqui quem fala é a Bell (quem mais seria?) e  estamos reunidos aqui, hoje, agora, nesse instante para explicar para vocês toda a verdade por trás da invasão da reitoria da UnB. O buraco é bem mais embaixo do que o que a mídia vem divulgando e é necessário uma explicação do funcionamento da Univerisidade de Brasília para que todos entendam direito. E nem o povo do DCE (Diretório Central Estudantil) sabe direito, acredito eu.

Antes de começar a explicação, que é meio longa, queria agradecer aos comentários! Obrigada, pessoas! Responderei eles em seus respectivos blogs^^- Assim é mais gostoso, néé?
Também queria ressaltar que estou mantendo minha promessa: aqui estou eu, uma semana depois do post passado. Acho que vai ser assim, toda sexta-feira tem post meu. Então fiquem de olho! Talvez poste no meio da semana, mas nada muito importante.
Queria também salientar que eu estou lendo o mesmo livro há um mês. Sim, é uma droga, né? XD E que minha prova de Ciências do Ambiente será feita em casa; que eu estou com três mangás encomendados só faltando ir buscar, que eu não tenho dinheiro porque não tenho cartão do banco para tirar ele (abri uma conta nova e o cartão não chegou ainda).
Ah, estou assistindo Goong. Um episódio por dia. Só que o episódio 4 foi gravado só pela metade e meu pc foi formatado @____@ Então vou ter que baixar o ep. 04 novamente, mas isso já está sendo solucionado.

Agora, ao que interessa…

Certo, não sei se vocês sabem, mas a UnB foi fundada como uma Fundação – a Fundação Universidade de Brasília. E dentro dessa fundação que está a universidade. O objetivo do Darcy Ribeiro (fundador da UnB) era dar maior liberdade de gestão para a universidade pública, facilitando sua administração e fazendo com que ela não funcionasse como uma repartição pública qualquer. Altamente inovador e realmente funcionou durante muito tempo. A UnB tem características desde sua fundação que só agora estão sendo adotadas por outras universidades no país. Legal né?
Só que em meados dos anos 80, uma lei qualquer fez com que a Fundação UnB perdesse sua autonomia e fosse gerida igualzinha a uma repartição pública. E uma lei, a 8666, de licitações impossibilita que qualquer obra/compra/contratação de serviço por parte de uma repartição pública que custe mais de uma quantia X (que não sei quanto é, mas é bem pouco) seja feita sem uma licitação. Não sei se sabem como uam licitação funciona, mas é demorado. BEM DEMORADO.
Então, todo o dinheiro que vai diretamente para a FUB é encalhado esperando por licitações. Para resolver esse problema, docentes da UnB arrumaram uma solução: Criar fundações particulares associadas com a UnB para poder receber recursos de pesquisas e realizá-las.
Assim surgem a FINATEC (da Faculdade de Tecnologia), a FUNSAUDE (da Faculdade d eSaúde) e várias outras. O papel delas é receber o investimento de empresas e do governo (como a Nok ia, a Bosch, o Ministério da Saúde) e transformar em pesquisa, em associação com a UnB. Por serem particulares, não precisam realizar licitação, mas por serem vinculadas com uma universidade pública, precisam prestar contas para o Ministério Público e o TCU. Todas essas fundações são sem fins lucrativos e seus diretores não recebem por dirigirem-nas, embora os pesquisadores recebam por seu trabalho.
Até aí tudo bem. Só que do dinheiro que é investido nessas fundações, uma quantia, digamos, 10% é destinado à gastos gerais da UnB com pesquisas, ensino e extensão. Só que  como se o dinheiro entrar na FUB  ele não tem como ser transformado em “bens” rapidamente,  a UnB  faz o pedido para essas fundações, elas compram o que a UnB precisa e  doam para ela. Por exemplo, se a UnB precisa de 100 microscópios, pede para que uma das fundações utilize os 10% destinados à UnB para comprar eles.

Agora, pra que toda essa explicação?
Simples: O apê do Tity foi reformado com essa verba dedicada à pesquisa, ensino e extensão. Não ouve desvio de pesquisa, o dinheiro é destinado NATURALMENTE para a UnB. Agora, é realmente válido reformar um apê e comprar uma lixeirinha de R$999,00 enquanto tem salas de aula que viram lagoas quando chove? Eu sei que precisa de licitação pra isso, mas mesmo assim… um administrador precisa definir suas prioridades. É certo você reformar seu apê enquanto sabe que tem laboratórios de Biologia sem microscópios? É certo usar um dinheiro que serviria para comprar material para a universidade para reformar o apartamento funcional em que você mora?
Como veem, eu não defendo o Tity. Só que as informações estão meio distorcidas por aí.

Mas eu sou veementemente contra a invasão da Reitoria. Porque os alunos que estão ali não representam a maioria, porque aqueles alunos não invadiram a reitoria apenas para afastar o reitor do cargo. Eles querem muito mais do que isso, querem que o Reuni não seja aprovado, querem que as fundações sejam extintas, querem que o dinheiro privado pare de financiar a universidade pública.
Se vocês não sabem, METADE da verba anual da UnB provém do CESPE e de convênios das fundações com outras empresas. METADE. Sabe o que é não ter mais esse dinheiro?
É,  mais ou menos como você imaginou.
Sim, o DCE tem o mérito deles. Eles querem reforma da Casa dos estudantes, revitalização do ICC dentre outras coisas. E a invasão não foi violenta não, foi pacífica. É, foi um cara sem noção que arrombou a porta e ele foi reprimido depois.

Bom, é isso.  Qualquer dúvida, comentem!

2 Comentários

Arquivado em Random