Arquivo da categoria: Épico

Certo ou duvidoso?

Não posto coisas de política no NUPE por motivos óbvios. Não é o objetivo nem nada. Nesse, como um blog mais pessoal, eu sinto a liberdade de compartilhar um texto.
Não sei se sabem, mas minha mãe é jornalista. Sempre trabalhou pela causa trabalhista (hahaah), sendo em sindicatos e, mais recentemente, nos Ministérios do Trabalho e da Previdência. Ela acredita na chance que temos de tornar as pessoas mais iguais, de dar as mesmas oportunidades para todos e ensinou isso para nós (eu e minha irmã) desde pequenas. Agora, às vésperas do segundo turno, ela escreve um texto relatando o que ela VIU acontecer (sem incluir o relato emocionante de quando foi para Tauá, uma cidade no interior do Ceará).
Divirtam-se.

 

x-x-x-x-x

Amigos, escrevi este texto que contém basicamente o que penso destas eleições. Acho que todos temos que refletir e fazer a melhor opção no próximo domingo. Eu vou votar na Dilma, por acreditar no seu projeto para o país, em continuidade ao do presidente Lula.  E faço apelo àqueles que,  ainda indecisos,  escolham pensando em todos os brasileiros. Beijos, Fátima
O certo ou o duvidoso?

O ditado popular não troque o certo pelo duvidoso cai bem no processo eleitoral em que vivemos. Se por um lado temos uma candidata afinada com o atual governo, comprometida com a sua continuidade, de outro temos um candidato que nos apresenta promessas e dúvidas acerca da sua realização. No caso do salário mínimo, por exemplo: como acreditar no aumento prometido se durante o governo do qual ele foi ministro do planejamento, o salário foi sempre irrisório?

É certo, e a realidade é nossa fiadora, que o Brasil com Lula mudou a vida de milhares de pessoas, quiça de todos os brasileiros. Não vou citar estatísticas, pois são facilmente manipuláveis. Quero falar de gente, que sente, que come, que trabalha e se diverte.

Para ilustrar a minha conversa vou contar uma história: outro dia estava no salão de cabelereiro que freqüento há anos aqui em Brasília e me deparei com um comentário extremamente preconceituoso. Partiu de uma pessoa que vive como eu, ou seja, tem bom salário, mora bem e nasceu com todas as oportunidades inerentes à classe média. Ela, do alto da sua “sabedoria” criticou o volume de carros que pertuba o trânsito na cidade reputando a culpa a “essas pessoas que fazem um parcelamento de 60 meses para comprar um Fiat”. Estava indignada com essa ousadia a lhe atrapalhar a vida.

Não pude ficar calada e questionei porque eu posso (falei de mim para não ofendê-la) ter 3 carros na minha casa, um para cada motorista existente, e um trabalhador não teria o direito a ter pelo menos um. Ela não se deu por vencida e saiu com essa: “de que adianta ter carro e não poder pagar o IPVA?”. Desta vez a Paula, minha manicure, revidou: “nunca deixei de pagar o IPVA do meu carro”.

O constrangimento foi geral porque a eleitora do Serra – ela confessou seu voto – achava que só quem estava escutando as suas queixas, de burguesa aborrecida com a ascensão da pobreza, eram as clientes do salão – pessoas do “seu nível”, ignorou que parte “dessas pessoas” como qualificou, estava ali mesmo trabalhando.  Confesso que até para mim foi uma feliz surpresa saber que a minha manicure possuía um carro. Isso seria impensável há poucos anos.

Mas se para mim foi surpresa, para ela foi um choque terrível saber que aquela mulher que dá massagem nos seus pés toda semana pode disputar com ela uma vaga no estacionamento do shopping?  Foi demais para uma médica que freqüenta os melhores lugares da cidade, que se considera culta, inteligente e linda. .

Estou contando isso porque não me saiu da cabeça que, infelizmente, esse perfil de pessoa ronda por aí, em todos os cantos a destilar o seu ódio pequeno e burro. Pensem: quanto mais gente conseguir romper o ciclo de miséria que se impõe por gerações melhor para todos. São  mais de 28 milhões de pessoas que saíram dessa fatídica linha da pobreza. Ainda te conto mais: a Cleide que trabalha na minha casa foi conhecer o neto recém-nascido em São Paulo, num rápido fim de semana, de avião. Adorou e se achou linda também.

A campanha serrista agora, e só agora no 2º turno, assevera que tudo começou com FHC. Em termos de economia (a um custo altíssimo e a custa das riquezas do país) pode até ser uma meia verdade. Mas o olhar social, que permite o acesso ao emprego, a comida, a transporte próprio, a instrução, a moradia e ao lazer veio com o governo Lula e será assumido pelo governo de Dilma Roussef. É preciso reconhecer que isso é bom para toda a sociedade, ter pessoas mais felizes e acabar com esse ranço de classe média ofendida e exclusivista.

Pensemos em todos, com egoísmos a parte. Muitas pessoas já sabem que não vão trocar o certo pelo duvidoso.  Eu também! E você???

Fátima Gomes – jornalista

Deixe um comentário

Arquivado em Épico, Juízo

Coisas Aleatórias

Como sempre, eu deveria estar fazendo um relatório agora. Mas não.
Estou procurando entre meus arquivos de texto (são vários!) histórias para postar aqui. Achei outra que eu escrevi para uma promoção, mas não ganhou (oi, a promoção era da Capricho e no momento em que vocês lerem o conto vão ver que NUNCA NUNCA ele poderia ganhar, uma vez que é muito sinistro.)
Além disso, adicionei no início da semana o arremedo de história que mandei para a promoção da Galera Record.
Para vocês não acharem que eu só escrevo para promoção,  coloquei no ar o primeiro capítulo da história em que eu estou trabalhando agora. Minha meta é terminá-la e aí terminar Sinfonia Agridoce e ver se consigo terminar Acidentes Acontecem.
E aí trabalhar em uma das mil histórias que estão dentro da minha cabeça! Haja tempo!!!!!! 😀

Adicionei também o primeiro capítulo na terceira revisão de Sinfonia Agridoce. 😀

Os textos:

Anjos Ou Demônios
Siga O Mestre
Deuses dos Céus
Juno

2 Comentários

Arquivado em Épico

Movie T-Shirt way of life

OK,beibes. No nosso segundo espaço dedicado à moda roupas (em especial, camisetas), trago camisetas de Filmes. Acho muito digno que depois das bandas, nós homenagiemos (isso existe?) a sétima arte, com algumas das camisetas mais legais da internet… e continuando o meu guia-supremo-de-lojas-legais-de-camiseta.

Estão prontos?




Essa primeira é uma que eu tenho (inclusive usei ela ontem!). É uma referência ao papel da Marilyn Monroe no filme “Os Homens preferem as Loiras” e é simplesmente hilária! Em todo lugar que eu vou, provoco pelo menos uma risadinha ao lerem a blusa. Ela é preta com detalhes rosa (feminina) ou azul (masculina). É da Diaba Quatro
Em bom português, quer dizer “Um homem ser rico é como uma garota ser bonita.”








Essa é de outra diva do cinema, a Audrey Hepburn. Baseada em Bonequinha de luxo, essa estampa é dourada e tem uma caricatura da Audrey. Tá, só está disponível como regata,que tecnicamente não é camiseta, mas vale. Ela é lindinha demais e atende a todas aquelas pessoas que choraram no último post dizendo que moram no inferno em lugares quentes. Essa também é da Diaba Quatro!










A próxima é de Kill Bill, do Quentin Tarantino. No melhor amarelo cone de trânsito possível, temos a lista de assassinatos da Noiva, terminando com Bill. Só faltou uns vermelhinhos assim, para ficar legal. O interessante é que essa tem a gola e as mangas pretas, então acho que o corte dela deve ter uma gola mais aberta.  Mais fotos e detalhes, no La Película.








Essa é da HotTopic, que foi indicada no último post como o paraíso das camisetas. É gringa, mas é segura. A única coisa é que não compensa comprar só uma camiseta pelo frete, então é melhor se juntar com as amigas para isso. A blusa é roxinha e é o início da Alicemania, é claro. Ela sempre esteve por aí, mas com o filme do Mr. Burton, vai ficar muito mais intensa. Que tal ser a primeira a ter uma blusa do filme da Alice para poder chamar todo mundo de poser?? (hahaah!)
Essa vale TOTALMENTE a pena!





A última é de Back to the Future! Como o filme favorito da minha hermanita, eu precisava colocar aqui, né? Meio retrô, da Nonsense (que tem outras milhares de camisetas lindas de filmes). Nessa loja, você pode escolher o modelo e ver as cores disponíveis.  (eu recomendo esperar uma promoção para comprar, porque acho que o preço não compensa muito =/)












E chegou. Vejo vocês na próxima! ;D

3 Comentários

Arquivado em Épico, Filme, Moda

Freaking Epic: Muse + NIc Cester do Jet fazem cover de Back in Black, do AC/DC!

Matt, Dom, Chris, Morgan e Nic fazem a coisa mais épica desse ano (por enquanto) na Australia, em homenagem, é claro, ao AC/DC (que é australiano, incultos).
Olhem como o Matt tá se divertindo! Os saltos que ele dá! Se ele fosse só guitarrista e não vocalista também, aposto que a marca registrada dele seria dar saltos e girar enquanto toca (tudo bem que já é uma das…).

1 comentário

Arquivado em Épico, Música, Muse

Band T-Shirt Way of Life

 (Imagem roubada descaradamente de Wish Wish.net)

Cada pessoa tem um estilo próprio, mesmo que seja só vestindo Jeans e Camiseta. Não é todo mundo que consegue usar qualquer tipo de camiseta e algumas demandam algum tipo de atitude da parte de quem a veste…
Além disso, todo mundo sabe que quem é “rockeiro” vive com camiseta de banda. Se você acha legal o estilo camiseta de banda-calça jeans – all star mas detesta aquelas camisetas pretas estranhas com estampas feias, é uma das minhas. Eu acho que somos “amarrados” demais nos nossos esteriótipos e, nesse caso, isso meio que impede muita menina que gosta mesmo de rock mas que é feminina de sair por aí exibindo no peito as bandas que ama com orgulho. Ou ainda aquela que achou a estampa bonitinha e decidiu sair por aí fazendo propaganda…

Então, nessa aurora do que prometo ser um espaço dedicado à moda do jeito que eu gosto, vou exibir algumas estampas que eu adoro com os lugares onde você pode comprar online. As dicas serão femininas, mas todas as lojas apresentam as estampas em modelos femininos E masculinos.

Essa primeira é uma blusa do Kiss, ou melhor, CooKISS. Eu ri demais quando a vi. É uma estampa nova no Camiseteria e tem a carinha dos membros nos cookies. A cor da camiseta é um azul-piscina (é esse o nome dessa cor?) e é bem a cara da tendência desse verão. Se você não gosta dela inteirinha, pode muito bem cortar a gola para deixá-la mais folgada ou ainda com um ombro caído. Dá certíssimo e fica um charme!

Já essa daqui é com a letra de Technologic, do Daft Punk. É um coração, com todas as frases de ação que são característica da música. A camiseta é grafiti e a estampa branca, com detalhes em cinza e vermelho imitando um circuito. Acho ela muito fofa e ainda está em promoção… Eu usaria ela com uma bermuda ou um short para caminhar na praia a noite, porque ela é o mais próximo de  look “romântico” que você consegue com uma blusa de banda… (oi, eu sou uma pessoa assim, tá? Foi mal.)
Também da Camiseteria e ainda está em promoção.

Essa daqui é para os nossos Musers de plantão.Com base no novo  CD e em Uprising, temos essa estampa FOFISSIMA com os ursinhos zumbis, televisões quebradas e com direito à letra da música pichada no fundo! Essa eu nem tascaria o dedo, mas fica legal comprar um tamanho um pouco maior e mais folgado para cortar a gola  e a manga e usá-la com uma legging. Eu odeio leggings, mas gosto é gosto, né? Essa é da Reverb City (e também está em promoção ;D).<

Essa daqui é para aquelas que são mais revoltadas ou tem mais atitude, tipo a Cherry_B. É do Yeah Yeah Yeahs e mostrar a vocalista num desenho com linhas bem agressivas. Além disso, o fundo é roxo  e o destaque das cores da estampa com as cores da camiseta deixa a blusa bem chamativa. Junte isso a um cabelo desfiado bagunçado e uma calça mais justa e você SEGUIDORES. (haha)
Mais uma da ReverbCity em promoção…

Essa é do Black Kids, com a letra da música mais famosa deles (I’m not gonna teach your boyfriend how to dance with you). É verde-limão, também na onda da moda do verão e fica muito fofa com qualquer coisa, principalmente se você quiser brincar com as cores.
É a última da ReverbCity em promoção por aqui.

  Essa daqui é uma das mais legais: uma regata com o nome de várias músicas dos Beatles. Se você não gosta de regata, tudo bem, tem uma versão de camiseta mais menininha também. Essa é boa para a labuta, usar no dia a dia. Além disso, como é Beatles, todo mundo vai reconhecer logo, né?
É da Liverpool Camisetas

Além desses, existem várias outras lojas com camisetas de banda legais que vocês podem comprar pela internet!

Marka Diabo – Nessa, você pode escolher a cor da estampa, a cor da camiseta e o estilo dela!
Sound and Vision – Essa além de ter algumas de banda, tem um mooonte de filmes e elas são todas lindas.

Hot Topic – Em inglês, mas e daí? Tem umas estampas lindas de morrer de tudo o que você imaginar. De banda Emo à AC/DC. De Lua Nova à Bastardos Inglórios… É o céu!
Alguns Tormentos – Essa aqui é no estilo da Marka Diabo, só que tem mais opções de estampas e camisetas bonitinhas.

5 Comentários

Arquivado em Épico, diversão, Moda

Kick Ass – The Movie

  Kick Ass conta a história de um adolescente normal, Dave Lizewski que costuma passar seus dias na loja de Comics próxima a sua casa. Um dia, ele decide se fantasiar e se tornar um superherói chamado KICK ASS (ou Chuta-Bundas, em bom português, Prefiro “Quebra-Caras” que mantém o efeito!) e combater o crime. Depois de chamar a atenção da mídia, Dave consegue um monte de seguidores e começam a combater o crime mascarados assim como ele: ninguém tem superpoder nem nada. Mas todos eles podem chutar a sua bunda quebrar a sua cara.

Kick Ass é mais um daqueles filmes que são adaptação de Quadrinhos (ou graphic novels, se você for chique) e que geram antecipação tremenda por parte da fan-base e dos oportunistas de plantão. Além disso, os trailers, os posteres e os personagens parecem ser tão legais que a gente mal pode esperar até Abril (pelo menos nos Estados Unidos, né?) para assistir e rolar de rir. Sim, há muito sangue e violência, mas quem se importa? Promete ser tipo Kill Bill, só que muito mais divertido.

Fora o Kick Ass, existem mais três heróis no filme: o Red Mist, a Hit Girl e o Big Daddy.

“Eu não consigo ler sua mente, mas posso quebrar a sua cara”


Red Mist é o “parceiro” do Kick Ass e como vocês podem ver no Trailer abaixo, ele que tem o carro. Eles são tipo melhores amigos, pelo que eu andei lendo por aí. Além disso, ele tem uma cara de nerd do caramba. O ator que faz o Red Mist é Christopher Mintz-Plasse, que faz o McLovin’ de Superbad.

 
“Eu não consigo ficar invisível, mas posso quebrar a sua cara”

O Big Daddy se veste parecido com o Batman (olha só? XD) e é pai da Hit Girl. São pai e filha combatendo o crime, olha que divertido? No filme, é feito pelo Nicolas Cage.

“Não posso ver através das paredes, mas posso quebrar a sua cara.”


A Hit Girl promete ser a melhor personagem do universo. É uma garotinha de 12 anos que chuta mais bundas do que todos os garotos juntos e porta uma katana (ou seja, ela corta as pessoas também.). A atriz é a Chloe Moretz, que fez 500 dias com ela, Terror em Amytiville e vai ser a Abby no remake de Deixa ela entrar.

“Eu não posso voar, mas posso quebrar a sua cara


O Kick Ass é o protagonista, mas ele apanha para caramba também. O ator que o faz é o Aaron Johnson, que fez Angus,Thongs and Perfect Snogging.

Além desses, o vilão é feito pelo Mark Strong, que faz todos os vilões do universo. É um filme que vale a pena esperar!

Trailers:



O primeiro que saiu, o Teaser:




O Segundo, “proibido para menores” porque mostra xingamentos e pessoas sangrando/sendo cortadas (eu avisei, viu!):













E o terceiro, que foi o último que saiu:

2 Comentários

Arquivado em Atores, Épico, diversão, Filme

Meus Ídolos Supremos e Inquestionáveis


Tem umas pessoas tão legais, mas tão legais que se eu os encontrasse na rua, só consigo me imaginar chorando e dizendo “OMG! Você é foda!”.
Não que eu seja uma daquelas pessoas que ficam colecionando recortes de revistas de famosos, também porque a maioria dos meus ídolos ou não existe ou está morto.
Foi meio difícil selecionar só esse punhado de gente, já que eu decidi colocar só as pessoas que eu realmente admiro. Então, nada de Funérea ou de Detonator.


Amelia Earhart
Ela foi uma pioneira.
Amelia foi enfermeira na Primeira Guerra, por essa época assistiu sua primeira exibição aérea. Ficou fascinada.
Fez vários trabalhos, inclusive motorista de caminhão e telefonista para bancar aulas com Anita “Neta” Snook, uma outra aviadora.
Seis meses mais tarde, comprou seu próprio biplano amarelo, o qual apelidou de “Canário”.
Amelia quebrou vários recordes, foi a primeira pessoa a cruzar o Atlântico duas vezes num avião. Também fundou uma organização de mulheres pilotos, As Noventa E Nove.

Aos 39 anos, Amelia tentou fazer uma circunavegação e desapareceu sob o Pacífico, e ninguém até hoje sabe onde ela foi parar. -meda o.o

Mesmo nos dias de hoje temos muito poucas mulheres que pilotam aviões, o que a torna ainda mais admirável. E também tinha um lema que eu adoro: “A aventura, por si só, já vale a pena.”

Annie TaylorEla foi a primeira pessoa a descer as Cataratas Do Niágara num barril. Precisa de mais?

Dean e Sam Winchester


Imagine como é sacrificar toda a sua vida e tudo o que você ama, para ser um caçador.
Para sair por aí seguindo o “saving people, hunting things… the family business!”
Acordar e salvar o mundo, mas no processo ter quase todos os seus amigos e parentes mortos.

O Dean e o Sam, apesar de terem a profissão dos meus sonhos, sofrem mais que a Maria do Bairro.
São verdadeiros heróis, então têm um lugar mais que merecido no meu coraçãozinho. (:

David BowieO David Bowie já foi protagonista do primeiro Let’s Dance, mas eu nunca escrevi nada sobre ele aqui no blog.
Bom, nunca é tarde para começar, não é?
Bowie, além de ter um olho de cada cor, também tem uma capacidade incrível de se renovar, mas sem perder sua essência. Ele é simplesmente o camaleão do rock, o cara mais foda de todos.
E um excelente ator, como pode conferir quem já assistiu Labirinto.
Eu escreveria algo também sobre o Iggy Pop, mas estou com preguiça. :3

Gwen Stefani
Ahá! Uma riot grrl que não faz ter pesadelos à noite.
Quer dizer, não que eu não adore riot grrls, mas tenho um medinho da Shirley Manson. Ouça Crush, do Garbage, e você vai concordar.
Voltando ao assunto, a Gwen é esperta, taletosa, autêntica e bonita, faz parte de uma banda de ska, tem uma grife de roupas lindas de chorar e um filhinho super-fofo.

Resumindo: ela é demais. [/momento Samantha Madinson]

4 Comentários

Arquivado em Épico, diversão