Medo do Escuro – Shortficion de Hugo, o Vampiro!!

Adicionada ^-^
Eu me empolguei e saiu, haha!

Leia AQUI! (E comentem, amiguinhos.)

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em informativo, Novidades

Coisas Aleatórias

Como sempre, eu deveria estar fazendo um relatório agora. Mas não.
Estou procurando entre meus arquivos de texto (são vários!) histórias para postar aqui. Achei outra que eu escrevi para uma promoção, mas não ganhou (oi, a promoção era da Capricho e no momento em que vocês lerem o conto vão ver que NUNCA NUNCA ele poderia ganhar, uma vez que é muito sinistro.)
Além disso, adicionei no início da semana o arremedo de história que mandei para a promoção da Galera Record.
Para vocês não acharem que eu só escrevo para promoção,  coloquei no ar o primeiro capítulo da história em que eu estou trabalhando agora. Minha meta é terminá-la e aí terminar Sinfonia Agridoce e ver se consigo terminar Acidentes Acontecem.
E aí trabalhar em uma das mil histórias que estão dentro da minha cabeça! Haja tempo!!!!!! 😀

Adicionei também o primeiro capítulo na terceira revisão de Sinfonia Agridoce. 😀

Os textos:

Anjos Ou Demônios
Siga O Mestre
Deuses dos Céus
Juno

2 Comentários

Arquivado em Épico

Outro Endereço

Gente, os últimos posts daqui são todos do blog ativo, o NEM UM POUCO ÉPICO.
Esse aqui vai ser mantido só para textos e afins. Ou seja: atualizado uma vez na vida, outra na morte.

Visitem!

Nem um Pouco epico

Deixe um comentário

Arquivado em Blog

5 luxos e um lixo – Covers inusitados!

Sabe aquela música super conhecida? Tipo Bad Romance. Hunm, imagina então ela numa versão Bossa nova e…
É por aí que caminha esse 5 luxos e um lixo. Algumas vezes isso funciona, outras não. Vamos dar uma olhada em alguns exemplos?

LUXOS!

1) Wonderwall – The Mike Flowers Pops (Originalmente do Oasis)

Essa versão 50’s de Wonderwall é, em muitos aspectos, mais divertida que a original.

2) I will Survive – Cake (originalmente da Glória Gaynor)

Manteve toda a revolta da música original, só que de uma forma mais contida e, ouso dizer, mais nerd.

3) Wicked Game-  Him (Originalmente por Chris Isaak)

Pura sedução em ritmo mais acelerado. A original é tão entediante que você cansa na metade, se não estiver apaixonado ou vendo o filme pornô que é o clipe.

4) Comfortably Numb pelo Scissor Sisters (Originalmente do Pink Floyd)

Adoro como ficou… gay. Qualquer coisa na mão do Scissor Sisters fica bom e extremamente… gay. Amo! PURO LOOOSHO!

5) Superstar pelo Sonic Youth (Originalmente do The Carpenters!)

Sempre achei que era do Sonic Youth, então imagine minha surpresa quando descobri que era um COVER! A versão do Sonic é muito melhor e muito mais melancólica que a original. A original tem seu tom de melancolia, mas ficou muito melhor “modernizada”.

LIXO!


Love is not a competition but I’m winning pelo Paramore (Originalmente pelo Kaiser Chiefs)

1) Eles deixaram a música toda alegrinha, ou seja, tiraram o propósito dela. Você pode até manter uma batida mais forte, mas sem descaracterizar a música.
2) A voz da mulher ruiva é um SACO.

3 Comentários

Arquivado em 5 luxos e 1 lixo, Música

Vamos todos falir em Março, mas vamos falir felizes =D

Era uma vez uma menina que comprava livros. Ela comprava muitos livros. E, além disso, ela leia blogs que diziam “compre mais livros!” ao resenhar livros lindos e maravilhosos.
E assim, ela chegou no mês de março, comprou todo o seu salário do ano em livros e morreu de fome.
FIM!

Esse talvez seja o seu futuro, principalmente se você não tem auto-controle. Depois de ver os lançamentos de Março de algumas editoras, eu pensei “OMFG, vou ter que começar a vender meus órgãos internos para comprar livros.”

Preparados? Vamos lá para a singela lista. Alguns não são do meu interesse, mas como eu sei que tem gosto para tudo, vou adicionar aqui. Conforme for achando mais títulos, faço mais posts ;D

Lançamentos normais/inícios de séries:

Ela foi até o fim, de Meg Cabot: Da Galera
Lou Calabrese é uma roteirista de sucesso – já escreveu vários roteiros de ação que renderam milhões de bilheteria e até ganhou um Oscar! O problema é que seu namorado, o grande astro do filme, resolveu deixá-la pela estrela principal! E agora Lou terá que provar que conseguirá passar por tudo para esquecê-lo e, no caminho, talvez até encontre o verdadeiro amor.
Leia o Primeiro capítulo!

Feios#1, de Scott Westerfeld: Da Galera

Em uma sociedade futurística, todos os adolescentes esperam ansiosos o aniversário de 16 anos, pois então serão submetidos a uma inacreditável cirurgia plástica, que corrigirá todas as suas imperfeições físicas, transformando-os em perfeitos. Tally, porém, acaba se envolvendo em uma conspiração e descobrirá que, por trás de tanta perfeição, se esconde um terrível segredo.
Leia o primeiro capítulo

Kiki de Montparnasse (Graphic Novel), de Catel & Bocquet: Da Galera.
Na Paris boêmia dos anos 1920, Alice Prin tornou-se Kiki de Montparnasse, uma das primeiras mulheres emancipadas daquele século. Companheira de Man Ray e musa de tantos outros como Kisling, Fujita, Picasso e Modigliani, foi eternizada em quadros, fotos e manifestos. A vida como modelo e cantora, as noites nos cabarés, o relacionamento com Man Ray, a amizade com Fujita, a biografia censurada (com prefácio de Ernest Hemingway)… Tudo ganha vida nesta graphic novel biográfica.

Imortal – Histórias de Amor Eterno : Da Editora Planeta.

Coletânea reunida pela Pc Cast, de House of the Night. Ela não importa, o que importa é que tem um conto da Richelle Mead e outro da Rachel Caine (de Mortal Instruments)! Além disso, tem a tal Claudia Gray, da série Evermore.

Continuação de Séries:


Indomada, de P.C. Cast e Kristin Cast (4º livro da série House of the Night)
: Da Novo Século.

“A vida é uma droga quando seus amigos estão chateados com você. Basta perguntar a Zoey Redbird – ela se tornou uma perita no assunto. Em uma semana ela passou de três namorados a nenhum, e de ter um grupo íntimo de amigos que confiavam nela e a apoiavam, para ser uma rejeitada. Falando de amigos, só sobraram dois. Neferet declarou guerra aos seres humanos, Zoey sente em seu coração que está errado. Mas será que alguém a escutará? As aventuras de Zoey na escola de aperfeiçoamento de vampiros da uma reviravolta selvagem e perigosa, lealdades são testadas, enquanto chocantes e verdadeiras intenções vem a luz, e um mal antigo é despertado no quarto volume fascinante da série Casa da Noite.”

Frostbite, de Richelle Mead (nome ainda sendo decidido no Vampire Academy Brasil): Continuação de “O Beijo das Sombras”, pela Nova Fronteira.

Rose ama Dimitri, Dimitri poderia amar Tasha, e Mason morreria para ter Rosa…
É férias de inverno em St. Vladimir, mas Rosa está se sentindo qualquer coisa menos festiva. Um ataque de Strigois volumoso deixa a escola em alerta vermelho, e agora a Academia está fervilhando de Guardiães – inclusive a mãe de Rose, Janine Hathaway. E como se combater com sua mãe não fosse ruim o suficiente, Rose desconfia que Dimitri está de olho em outra pessoa, Mason gruda nela e Rose continua presa na cabeça da Lissa enquanto ela fica com seu namorado, Christian! O Strigoi estão aproximando-se, e a Academia não está tomando quaisquer providências….Este ano, a viagem de esqui anual da St. Vlad é obrigatória. Mas a reluzente paisagem de inverno em uma Idaho elegante só cria a ilusão de segurança. Quando três amigos vão embora em um movimento de ofensiva contra os mortais Strigoi, Rose deve juntar forças com Christian e salvá-los. Mas heroísmo raramente vem sem um preço…

A fúria, de L. J. Smith (Diários do Vampiro#3): da Galera.
Após os inacreditáveis acontecimentos em Fell’s Church, Elena está prestes a iniciar uma nova vida. Porém, seu antigo amor foi esquecido, e agora Damon e Stefan terão que lutar mais uma vez para conquistar sua amada.
Leia o primeiro capítulo!

39 Clues – Uma Nota falsa, de Gordon Korman: Da Ática
 Depois de quase morrerem em Paris, os irmãos Amy e DanCahill finalmente conseguem a primeira das 39 pistas e agora partem para a cidade onde viveu um dos maiores compositores de todos os tempos: Viena, a terra de Mozart! Os irmãos também vão passar por Salzburgo, uma cidade linda e calma, conhecida por seu renome musical, sua arquitetura barroca e belas paisagens.

Esse já lançou, mas você vai querer de qualquer forma:
Opúsculo – THE HARVARD LAMPOON: Da Novo Século.

Opúsculo é uma hilariante paródia do Crepúsculo, de Stephenie Meyer, e conta a história de amor de Belle Goose e o misterioso e brilhante Edwart Mullen, Belle é uma garota pálida e desajeitada que chega a cidade de Switchblade, Oregon, buscando aventura, ou pelo menos um colega de classe imortal. Após testemunhar uma série de eventos estranhos – Edwart deixa suas batatas fritas intocadas no almoço! Edwart a salva de uma bola de neve voadora! – Belle tem uma dramática revelação: Edwart, um geek com interesse zero em garotas, é na verdade um vampiro, pelo qual ela está completamente apaixonada. Surge então o dilema: como ela poderia convencê-lo a mordê-la e assim transformá-la em sua noiva eterna, já que ele parece achar todas as garotas tão repulsivas? Cheio de romance, perigo, insuficiente proteção paternal, arrepiante comportamento de caçador compulsivo e com um baile de formatura de vampiro, Opúsculo é um conto tumultuado sobre uma garota obcecada por vampiros, que busca o amor em todos os lugares errados.

Fontes:
Publish News
Vampire Academy Brasil
Novo Século
Sobre Livros
39 Clues Brasil

7 Comentários

Arquivado em futuro apocalíptico, livro, Novidades, Vampire Academy, Vampire Diaries

Não muito épico: Percy Jackson E O Ladrão De Raios, a adaptação mais broxante dos últimos 10 anos

Mesmo que a adaptação seja um saco, você continua sendo fofo, Logan!


Eu me decepcionei porque eu esperava muito. Mesmo com o Craig Titley sendo o roteirista, eu ainda estava esperando que fosse o melhor filme do ano. Afinal, é Percy Jackson! Percy Jackson está na minha lista de 10+. É uma daquelas poucas séries que agradam a gregos e troianos (haha). Simplesmente não podem foder com PJ&O. É contra a lei!

Doce, doce engano.

Para começar, em João Pessoa inteira só tinham cópias dubladas. Eu perguntei para a minha mãe se eu, a Bell e o Vítor podíamos ir para Recife para ver legendado, mas aí ela me lançou um daqueles olhares ameaçadores e eu desisti da minha idéia idiota. Então, fomos os três marchando para o Manaíra Shopping, que para quem não sabe, é um shopping muito ruim. Nos acomodamos nas cadeiras não-reclináveis do cinema e a sessão começou.

Um vislumbre da maciez das cadeiras do Manaíra Shopping

O que posso dizer? A dublagem do Poseidon foi uma das coisas mais traumatizantes que eu já ouvi na minha vida. Até hoje eu tenho que tapar meus ouvidos para que as vozes de “Percy… você é meu filho” parem de me atormentar a noite, mas nunca funciona.
Tudo bem que tem os seus pontos altos tipo “Percy, Annabeth, a casa caiu!”, “Continua na pegada do Zé Ramalho”, Highway To Hell no ônibus, a cena bem legal da Sra. Dodds e uma Medusa bem assustadora.

O Percy continua desajeitado do jeitinho que eu amo, mas parece que cheirou o Pó Da Inteligência. E a Annabeth de repente ficou burra. Como assim é o Percy que tem os planos? Ela é filha de Atena, ela que tem os planos! Senão ela vira mais uma personagem feminina que só serve para enfeitar. Se seguirem essa lógica e fizerem o Mar De Monstros, o Tyson vai ser o personagem mais inteligente de todos! Não aprovo, definitivamente.

Tyson: “O quadrado dos catetos é a soma da hipotenusa e…” Annabeth: “Cateto não era aquele animalzinho?” Percy: “Ó Annabeth, mas tu és bronca mesmo! Meu querido irmão Tyson acabou de anunciar o teorema de pitágoras!” Grover: “Flw e disse, truuuta!”

Além disso, pesaram a mão no tema “ausência paterna”, deixando o Poseidon gayzinho demais. O Poseidon é ausente porque deuses são ausentes, não porque o Zeus é malvado e disse que as coisas seriam assim.
Sinto que tiraram toda a graça e a criatividade da minha série favorita, deixando só um filme fraco livremente baseado em Hércules. Dá zero pra eles!

12 Comentários

Arquivado em Decepção, Filme, Percy Jackson, resenha

Resenha de Vampire Academy e Frostbite no New Bites!

Para quem estava esperando, está aqui a resenha que eu fiz de VA e de Frostbite. Recém postada!
Lembrando que todas as resenhas relacionadas a vampiros aparecem no New Bites e a maior parte do material também. Apesar disso, sempre aviso aqui.

Lembrando também que está tendo uma votação no Vampire Academy Brasil para decidir o nome do segundo livro da série aqui. Votem!

Voltamos de viagem hoje de madrugada.

xoxo

2 Comentários

Arquivado em New Bites, resenha, Vampire Academy